I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

PLACAR DA RODADA!

Placares ao vivo oferecidos por www.futebol.com

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TELEFONES IMPORTANTES!

TECNO FILMES DO BRASIL

GRUPO GEAN - ÓTICA GEAN E HOTEL GEAN

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

TRABALHADORES SÃO ENCONTRADOS EM SITUAÇÃO DE ESCRAVIDÃO, EM SANTA CATARINA

Alojamento de trabalhadores foi considerado inadequado pelo STRE/SC (Foto: STRE/Divulgação)

A Superintendência Regional do Trabalho em Santa Catarina (SRTE/SC) flagrou 17 trabalhadores em situação análoga a escravidão em uma lavoura de batata em Criciúma, no Sul catarinense na terça-feira (28). Um dia antes, 22 paraguaios ilegais no país foram pegos em uma colheita de fumo em Sombrio. Em ambos casos, os agricultores foram notificados das ilegalidades.

Segundo a coordenadora de fiscalização do trabalho rural do SRTE/SC, Lilian Carlota Rezende, dez dos 17 trabalhadores estavam morando em um alojamento fornecido por um aliciador em uma colheita de batata próxima a SC-108. O local tinha condições inadequadas de higiene, fogão e gás expostos no mesmo ambiente que espumas, que serviam como camas, e acondicionamento de alimentos inadequado.
Todos os homens eram de outros estados: Maranhão, Paraná e Rio Grande do Sul. Além do trabalho sem carteira assinada, das 7h às 19h, a colheita de batata acontece sem o equipamento adequado. Não são fornecidos chapéus e aparelho para a retirada do vegetal. Também não havia banheiro ou locais para refeição, informou a coordenadora.

Processo civil e criminal
"Cobramos do proprietário da plantação a regularização da situação dos trabalhadores e ele se recusou. Por isso, vamos entrar com um processo civil e criminal contra ele por três delitos: aliciação, sonegação de informações ao governo e trabalho escravo", disse a coordenadora Lilian. Ela complementa que, pelo atos infracionais, o proprietário pode arcar com mais R$ 200 mil em multas.

Já em Sombrio, o proprietário de uma colheira de fumo abrigava 22 paraguaios sem documentação no país para trabalhar no local. No ano passado, o mesmo empresário foi multado por estar com 20 trabalhadores paraguaios na mesma situação de ilegalidade. A SRTE/SC acionou a Polícia Federal para os procedimentos cabíveis de deportação.

AUTOR: G1/SC

5 CORPOS SÃO ENCONTRADOS EM CARRO COM BILHETE, NO RIO DE JANEIRO

Cinco corpos foram encontrados dentro de um veículo, na manhã desta quinta-feira (30), por policiais da UPP Mangueira na Rua General Gustavo Cordeiro de Farias, em Benfica, na Zona Norte do Rio. 

De acordo com os policiais que estão no local, no carro onde os corpos foram encontrados havia um bilhete com a mensagem: "Não aceitamos covardia. Vida paga com vida. Matou inocente morreu".

Segundo a assessoria da Polícia Militar, policiais militares do 22º BPM (Maré) foram acionados para ajudar na preservação do local. Os peritos da Divisão de Homicídios (DH) chegaram por volta das 9h.
Ao lado dos corpos dentro do carro, polícia encontrou um bilhete (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O carro onde os corpos foram encontrados teria sido roubado. A Escola Municipal Gonzaga da Gama Filho, que fica na mesma rua, manteve as aulas para os alunos, mas alguns pais preferiram buscar os filhos antes do fim do período.

Como mostrou o RJTV, a polícia afirmou que as mortes têm relação com o crime que chocou os moradores da Mangueira na última terça-feira (28).

A via onde os corpos foram encontrados fica próxima ao Morro, onde, há pelo menos dois meses, criminosos disputam o controle da venda de drogas. Na noite de terça-feira (28), o adolescente Caio Martins Ferreira, de 17 anos, foi morto durante um ataque de criminosos à comunidade.

Caio estava em um campo de futebol no interior da comunidade, por volta das 20h, quando quatro homens armados saíram de uma mata perto da Quinta da Boa Vista. Além de Caio, outras três pessoas ficaram feridas no ataque, inclusive uma criança de 5 anos.

Durante o enterro, um parente da vítima contou que um grupo de criminosos está causando pânico na comunidade. “Tem alguém, três caras, que nem no morro estão, vêm perturbar e matar, esquecendo que a família deles está no Morro também.”

Na manhã desta quinta, o policiamento permaneceu reforçado na região após o confronto que ocorreu no final da tarde desta quarta-feira (29), quando PMs usaram bombas de efeito moral para dispersar um grupo de manifestantes.

Após o tumulto, criminosos se esconderam dentro do antigo prédio do IBGE, que fica na comunidade, e conseguiram fugir da polícia. No local, foram apreendidos com 150 sacolés de maconha, 500 pedras de crack e 800 papelotes de cocaína e também cheirinho de loló. O tumulto começou pouco tempo depois do enterro do adolescente Caio.
Corpos foram encontrados dentro de veículo abandonado em Benfica, na Zona Norte (Foto: Henrique Coelho / G1)

AUTOR: G1/RJ

JOVEM É AGREDIDA A PAULADAS APÓS FOTOS NA WEB FAZEREM SUCESSO, EM SÃO PAULO

A polícia em Guarujá, no litoral de São Paulo, investiga um vídeo divulgado nas redes sociais que mostra a jovem Thissiane Voitexem dos Santos, de 18 anos, sendo espancada. 

A agressora, de 22 anos, segura um pedaço de madeira na mão e bate por diversas vezes nas pernas e no braço da vítima, que também foi atingida com socos na cabeça e puxões de cabelo. 

A agressão ocorreu, segundo a irmã da agredida, após uma discussão entre a vítima e a rival em uma página de relacionamentos na internet por causa do 'excesso de curtidas' em suas fotos postadas no Facebook.

De acordo com informações da Delegacia da Mulher da cidade, o caso aconteceu no dia 21 de setembro deste ano, mas o boletim de ocorrência só foi registrado pela mãe da vítima 22 dias depois, no dia 13 de outubro. Ela disse à polícia que a filha não iria se apresentar para prestar depoimento. Ainda segundo a Polícia, o exame de corpo de delito exigido em casos de lesão corporal também não foi feito pela vítima.

A irmã da vítima, Thábata dos Santos, de 26 anos, afirma que a agressão foi motivada por uma discussão em uma rede social envolvendo um ex-namorado da própria irmã. Ela conta que, na época, a jovem ainda era menor e completou 18 anos há apenas dois dias. "Minha irmã é muito odiada por aqui pelo fato de ela ser muito bonita. 

As garotas sentem raiva dela porque os meninos curtem muito as fotos dela no Facebook. Apesar disso, ela nunca mexeu com ninguém", afirma.
Jovem foi atingida por socos e pauladas quando voltava de uma festa (Foto: Arquivo Pessoal)

Segundo Thábata, as duas jovens não são amigas, mas se conhecem por morarem na mesma cidade. Após a discussão na rede social, as duas acabaram se encontrando em uma festa no bairro Morrinhos, onde houve a confusão. "A menina já chegou dando um soco no peito da minha irmã e depois deixaram para lá. Na volta, umas sete meninas seguiram a minha irmã e pegaram ela em uma rua entre o Morrinhos e a Vila Edna. Foi aí que essa menina começou a bater nela", afirma.

Perguntada sobre o motivo do boletim de ocorrência ter sido registrado dias depois, a irmã da vítima explicou que, no início, a família ficou com medo de represálias. Mesmo depois de registrada a ocorrência pela mãe da vítima, a menina agredida evitou divulgar o caso e apagou as fotos dos hematomas que estavam no celular da mãe. "Ela não quer falar, mas nós temos que ir atrás da pessoa que fez isso, porque ninguém pode bater em outra pessoa assim e achar que está tudo bem", disse.

O G1 entrou em contato com a Delegacia da Mulher da cidade. Segundo a polícia, ainda é aguardado o depoimento da jovem para poder dar sequência às investigações e identificar todas as agressoras. As imagens continuam sendo analisadas com o objetivo de identificar as agressoras.

AUTOR: G1/SP

AVIÃO DE PEQUENO PORTE BATE EM PRÉDIO E MATA 2, NOS EUA

Fumaça é vista após avião de pequeno porte bater em prédio de aeroporto no Texas (Foto: KAKE News/AP)

Um avião de pequeno porte bateu em um prédio do aeroporto de Mid-Continent, em Wichita, no Kansas, Estados Unidos, na manhã desta quinta-feira (30), causando uma explosão e um incêndio, informou um porta-voz da Autoridade Federal de Aviação americana. Pelo menos duas pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas, segundo as autoridades.

O avião havia decolado do aeroporto pouco antes e bateu quando tentava retornar para a pista, disse Elizabeth Isham Cory, porta-voz da autoridade.

O órgão informou que o piloto reportou ter perdido a força do motor logo após a decolagem. Acredita-se que a aeronave seja um Beechcraft King Air.

Segundo Ronald D. Blackwell, chefe dos bombeiros, apenas o piloto estava no avião. Não está claro ainda que o piloto seria uma das duas vítimas do acidente, segundo a Associated Press.

AUTOR: REUTERS

DONO DE PORSCHE É ACUSADO DE AGREDIR MOTORISTA E QUEBRAR CARRO, EM SÃO PAULO

O motorista que foi agredido e teve seu carro quebrado por danificar o 'espelhinho' de um Porsche Cayenne na Rua Amauri, na região da Avenida Nove de Julho, culpou o trânsito pesado de São Paulo pela briga. O engenheiro Luiz Fernando ficou com um ferimento no rosto e teve os vidros de seu veículo parcialmente destruídos.

"Motivo é como sempre o trânsito pesado. E a pessoa acho que perdeu a cabeça", afirmou o engenheiro nesta quinta-feira (30). Ele levou o veículo a uma unidade da Polícia Científica, no bairro do Butantã, na Zona Oeste, para que seja feita perícia.

O dono do Porsche não foi encontrado pela equipe do SPTV. O advogado Pedro Paulo Fonseca estava em uma reunião em seu escritório quando procurado pelo telejornal.

Na Rua Amauri, os motoristas costumam estacionar dos dois lados o que faz com que a via fique apenas com uma faixa de rolamento quando se aproxima do acesso à Avenida Nove de Julho. Com o estreitamento da via, os motoristas são obrigados a dar passagem para continuar o trajeto. Nesta manhã, o vidro do carro danificado permanecia destruído na calçada.

Briga
Um vídeo divulgado na manhã desta quinta-feira (30) pelo Bom Dia São Paulo mostra advogado acusando o dono do Porsche Cayenne de agressão logo após o acidente.
O suspeito de agressão diz que o motorista fugiu após quebrar o retrovisor de seu carro. "Eu pedi licença pra ele pra passar, a gente estava na frente dele, ele fechou a gente. Aí, além de ter fechado a gente, olha o que ele fez", disse ao mostrar o retrovisor danificado.

A vítima de agressão, porém, reclama da proporção da 'vingança'. “Olha o que o cara me fez, olha o que o cara fez no meu carro. Olha isso, olha a proporção da coisa. Olha a proporção”, reclama. Ele estava com um ferimento no rosto e com os vidros traseiro e dianteiro de seu veículo danificados.

“Sabe por que eu fiz isso? Eu fiz isso porque ele é um covarde, ele deu uma porrada no meu espelhinho, quebrou o meu espelhinho e saiu correndo, fugindo de carro. Foi só por isso que eu fiz isso”, explica o motorista do Porsche.

AUTOR: G1/SP

PM RECUPERA CARRO ROUBADO E PRENDE 3 PESSOAS, EM TERESINA (PI)

Policiais do 1º BPM prenderam três pessoas suspeitas de roubar um veículo modelo Hillux de cor prata e placa DEC-7770 no bairro Aeroporto, zona Norte de Teresina, na manhã de hoje (30). 

Dois dos três detidos estavam armados com uma pistola ponto 635 e um revólver calibre 38 de numeração raspada.

“Nós já tínhamos recebido a informação do COPOM do roubo de um carro na região e ficamos atentos. Foi quando vimos uma picape com as mesmas descrições passando e resolvemos acompanhar. 

O motorista percebeu e tentou despistar a viatura, então chegamos à conclusão de que se tratava do veículo roubado”, conta o soldado Cardoso, do 1º BPM.
A Hillux era ocupada por dois rapazes identificados como José Lucas e Jardson que acabaram batendo em um veículo modelo corsa de cor prata na Rua Campo Maior do bairro Aeroporto. Eles entraram em uma residência e foram seguidos pela polícia. 

Na casa, os PMs encontraram ainda outro rapaz de nome Francisco Esthefaneo que seria cúmplice dando cobertura aos outros dois no assalto.
Francisco negou as acusações de participação no crime, embora o proprietário do carro tenha afirmado à PM que foi assaltado por três pessoas. “Ele está negando o tempo todo. Diz que é uma armação, que não sabe nem o que está acontecendo. 

A vítima afirmou que eram três assaltando, mas só reconhece os outros dois. Nós o detivemos junto para mais averiguações”, explica o soldado Cardoso.
Jardson, José Lucas e Francisco foram conduzidos para a Central de Flagrantes onde permanecem detidos. O veículo também foi recolhido e levado para a delegacia como prova do delito, mas será liberado logo em seguida para o proprietário.

AUTOR: PORTAL O DIA

CRIANÇA DE 3 ANOS É MOLESTADA SEXUALMENTE E QUEIMADA COM CIGARRO, EM TERESINA (PI)

O Conselho Tutelar de Teresina recebeu uma denúncia anônima no dia 28 de outubro informando que uma menina de apenas três anos de idade sofria maus tratos e o principal suspeito de cometê-los seria o pai biológico dela. 

Diante da acusação, no dia posterior os conselheiros Bento Alves e Osair Silva foram até a casa onde mora a vítima, localizada na Vila do Avião, zona Leste da Capital, mas não conseguiram resgatar a menor porque no momento da visita só estava na residência a mãe, que tem deficiência na fala e é impossibilitada de se comunicar.

Os dois conselheiros então decidiram pegar a criança ontem (29) na creche onde ela estuda, no bairro Cidade Jardim, e a levaram para o abrigo Lar da Criança João Maria de Deus. Populares chegaram a ficar revoltados com a direção da creche porque quando o pai foi buscar a filha no local ele não a encontrou e afirmou que ela havia sido sequestrada.

Na companhia da diretora da creche, ao longo do dia a menina passou por uma bateria de exames. Laudo preliminar do Instituto Médico Legal apontou que a menina sofreu várias queimaduras de 2º e 3º grau, o que a perícia acredita terem sido causadas por ponta de cigarro.

Testes feitos no Serviço de Atenção às Mulheres Vítima de Violência Sexual- SAMVVIS- comprovaram que a menor também era molestada sexualmente. “O exame acusou que já houve toque vaginal, mas ainda não se sabe se esse abuso partia do pai”, conta Bento Alves.

O caso foi denunciado para a juíza da 1º Vara da Infância e da Juventude, Maria Luiza de Moura Melo. Até agora ninguém foi preso e a denúncia será investigada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente- DPCA. O casal tem mais duas filhas de 8 e 5 anos de idade, além de um bebê recém-nascido.

AUTOR: PORTAL O DIA

GERENTE DE AGÊNCIA DE TURISMO É MORTA A TIRO EM TENTATIVA DE ASSALTO, NO RJ

Thays Portelinha era viúva e tinha uma filha de 17 anos Foto: Reprodução do Facebook

A gerente de uma agência de turismo em Copacabana, na Zona Sul do Rio, foi morta a tiro, na noite desta quarta-feira, no Cachambi, na Zona Norte da cidade, quando chegava em casa. 

Segundo informações do 3º BPM (Méier), Thays Portelinha, de 50 anos, seguia de carro pela Rua Americana quando, na altura do número 150, quatro homens em duas motos anunciaram um assalto. 

Não há informações se a vítima reagiu. Um dos bandidos, porém, atirou. O disparo atingiu Thays no pulmão e no coração. Ela ainda foi levada por um carro da PM até o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte, mas não resistiu ao ferimento. O corpo já está no Instituto Médico-Legal (IML).

O crime aconteceu a poucos metros da casa de Thays e da mãe dela. Segundo amigos da vítima contaram aos PMs, ela sempre usava cinto de segurança e costumava parar em sinais de trânsito. 

A vítima era viúva e deixa uma filha de 17 anos. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios (DH). Agentes devem buscar imagens de câmeras de segurança de imóveis próximos ao local do crime para tentar identificar o criminosos.

AUTOR: EXTRA

EX-TENENTE PUBLICA FOTO COM BALA DE FUZIL E AMEAÇA DILMA: 'É PRA VOCÊ', NO DF

Postagem feita por ex-tenente do Exército em rede social; homem ameaça Dilma após resultado das eleições (Foto: Reprodução)

Uma publicação que circula em redes sociais desde a noite do último domingo (26) traz um homem vestido com uma farda de tenente do Exército ameaçando a presidente Dilma Rousseff (PT). A legenda da foto em que o homem aparece segurando o que parece ser uma bala de fuzil diz: "Dilma... Essa é pra vc... Eu estou pronto! Só esperando o toque da corneta."

O Ministério da Defesa informou que o autor do post serviu ao Exército em 1998 em Belo Horizonte (MG) e não pertence mais ao quadro da instituição. O G1 tentou entrar em contato com ele no início da tarde, mas a página pessoal do ex-militar tinha sido retirada do ar.

De acordo com o ministério, o objeto na mão do homem é um chaveiro e ele não se apresenta de forma condizente com as normas das Forças Armadas – tem barba por fazer e veste um uniforme desatualizado. O caso não vai ser investigado, por não se tratar de crime militar, informou o ministério.

A Polícia Federal informou ao G1 que não tem investigação aberta para apurar o caso. De acordo com a PF, não há crime caso a munição não seja de verdade.

A postagem foi identificada pelo Ministério da Defesa nesta segunda, depois de um acesso ao perfil do ex-tenente. Ela foi curtida por pelo menos 61 pessoas e compartilhada 129 vezes. Segundo comentários na rede social, antes de cancelar o perfil, o homem apagou a imagem.

De acordo com a Lei de Segurança Nacional, é crime caluniar, ofender a integridade corporal e atentar contra a liberdade pessoal do presidente da República. As penas podem chegar, respectivamente, a até quatro, três e 12 anos de prisão. A Secretaria de Comunicação da Presidência não se manifestou até a última atualização desta reportagem.

A presidente Dlma Rousseff foi reeleita no último domingo com 51,64% dos votos, depois de disputar o pleito considerado mais acirrado desde a redemocratização. O tucano Aécio Neves teve 48,36% dos votos. Com a vitória, o PT completará 16 anos no comando do governo federal – dobro do período do PSDB.

AUTOR: G1/DF

QUADRILHA BLOQUEIA ENTRADA DE CIDADE DO RN, E EXPLODE CAIXAS ELETRÔNICOS

Agências do Bradesco e Banco do Brasil ficaram destruídas com as explosões (Foto: Valber Moura/G1)

Uma quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos explodiu terminais do Banco do Brasil e do Bradesco na madrugada desta quinta-feira (30) em Campo Redondo, a cerca de 140 quilômetros de Natal. Segundo a Polícia Milita, as duas agências ficam numa mesma rua, distante 50 metros uma da outra.

Para evitar qualquer possibilidade de reação da polícia, um veículo foi usado para bloquear a estrada que dá acesso ao município, grampos de metal foram jogados na pista, e um dos assaltantes ficou de prontidão - armado com um fuzil - em frente à delegacia da cidade. A quantia levada não foi divulgada.

Em contato com o G1, o capitão Valber Moura, comandante da PM na região, explicou que a ação aconteceu por volta das 3h. “Fomos alertados por um vigia de rua, que viu a movimentação dentro de uma das agências. Ele ainda ligou para o celular do soldado que estava de plantão na delegacia e disse que ele não saísse do local, porque um dos criminosos estava armado com um fuzil na frente do prédio”, revelou. “O próprio vigia foi alvo de disparos. Por sorte ele saiu correndo e não foi atingido”, acrescentou o oficial.

Ainda de acordo com o capitão, a quadrilha ainda rendeu o motorista de uma van que fazia o transporte de pacientes para hospitais em outras cidades. “Eles ordenaram que descessem do carro e fossem embora. Além do motorista, tinham três pacientes, que foram largados no meio da pista. Depois os criminosos pegaram o veículo e o atravessaram na estrada, bloqueando a passagem e a entrada do município”, afirmou.

O capitão contou que grampos de metal foram jogados na pista para furar os pneus dos carros da polícia que tentassem perseguir os assaltantes. “Depois que explodiram os terminais, ele fugiram com direção à cidade de Picuí, na Paraíba. Sabemos disso porque o veículo que eles usaram foi abandonado na estrada e incendiado. Achamos o carro ainda pegando fogo”, finalizou.
Van foi usada para bloquear entrada da cidade, e grampos de metal jogados na pista para impedir passagem dos carros da polícia (Foto: Valber Moura/G1)

AUTOR: G1/RN

MULHER FAZ ÚLTIMA VIAGEM E MARCA DIA PARA MORRER, NOS EUA

Brittany Maynard, ao lado de seu marido, em visita ao parque nacional Grand Canyon (Foto: Reprodução/Facebook/Brittany Maynard)

A americana Brittany Maynard, que tem câncer em estado terminal e anunciou que dará fim à sua vida, visitou o Grand Canyon a poucos dias de sua morte, que está programada para o dia 1º de novembro.

Maynard, de 29 anos, foi parque nacional no estado de Arizona com sua mãe, padrasto e marido. "Um dia lindo com minha fmaília amada em uma das maravilhas naturais mais fabulosas do mundo. Muits momentos que me tiraram o fôlego em um lindo passeio de helicóptero", disse Maynard em uma rede social

A história de Maynard tem chamado a atenção dos norte-americanos. A californiana decidiu se mudar de São Francisco para o Oregon, porque esse estado norte-americano permite o suicídio assistido para pacientes terminais, e está dedicando suas últimas semanas de vida a uma campanha para que outros que se veem diante de uma morte iminente possam usufruir do mesmo direito.

Um vídeo de seis minutos de Brittany Maynard explicando sua escolha foi publicado no YouTube no começo deste mês e desde então foi visto mais de 8,8 milhões de vezes.

VEJA:
Maynard foi diagnosticada em janeiro com um glioblastoma, um tumor no cérebro, e mais tarde ouviu dos médicos que só teria seis meses de vida.

"Depois de meses de pesquisas, minha família e eu chegamos a uma conclusão dolorosa: não existe um tratamento que possa salvar minha vida, e os tratamentos que me foram recomendados destruiriam o tempo que me resta", ela disse em um artigo que escreveu para o site da emissora CNN.

“Irei morrer no andar de cima, no quarto que divido com meu marido, com ele e minha mãe ao meu lado, e falecer pacificamente com música que eu gosto no fundo”, declarou Maynard no vídeo.

A filmagem mostra imagens do casamento e das caminhadas de Maynard e entrevistas com sua mãe e seu marido.

Maynard planeja tomar um medicamento obtido com receita médica para tirar a vida quando sua dor se tornar insuportável, de acordo com o grupo pró-eutanásia Compassion & Choices (Compaixão e Escolhas).

Em 1997, o Oregon se tornou o primeiro estado norte-americano a permitir o suicídio assistido para pacientes em estado terminal. Washington, Montana, Vermont e o Novo México seguiram o exemplo desde então e são os outros quatro dos cinco únicos Estados dos EUA que autorizam o procedimento.

Maynard está arrecadando fundos através da Compassion & Choices para defender o suicídio assistido como uma opção para pacientes terminais como ela, um ato que difere das opções mais discretas que muitos outros em sua posição escolhem.
Foto sem data mostra Brittany Maynard, que tem um câncer no cérebro e decidiu se mudar para Oregon e cometer suicídio assistido (Foto: AP Photo/Maynard Family)

AUTOR: G1/SP

HOMEM QUE MATOU OSAMA BIN LADEN REVELARÁ SUA IDENTIDADE NA TV

FOTO GOOGLE

O membro dos Seals - grupo de elite da Marinha americana - que matou Osama bin Laden revelará sua identidade em um documentário do canal Fox News, informou a emissora nesta quarta-feira (29).

"O homem que matou Osama Bin Laden" será transmitido em dois episódios, nos dias 11 e 12 de novembro, e incluirá o relato do militar que atirou contra o líder da Al-Qaeda durante a chamada Operação Lança de Netuno, realizada no Paquistão em 2011.

O Seal relatará como treinou para integrar esta força de elite da Marinha e dará "detalhes jamais compartilhados", incluindo a descrição dos instantes finais da vida do líder terrorista.

O programa também revelará a cerimônia "secreta" na qual o comando entregou uma camisa utilizada durante a missão ao Museu Nacional e Memorial do 11 de Setembro, em Nova York.

Em uma incursão noturna, ordenada pelo presidente Barack Obama e realizada no dia 2 de maio de 2011, um comando dos Seals chegou em helicópteros Blackhawk ao esconderijo de Bin Laden em Abbottabad, Paquistão, para matar o líder da Al-Qaeda e outras quatro pessoas.

AUTOR: FRANCE PRESSE

MULHER QUE REGISTROU ASSÉDIO NAS RUAS DE NY, RECEBE AMEAÇAS NA WEB

Shoshana B. Roberts é assediada ao caminhar por Nova York (Foto: Reprodução/YouTube/Street HarassmentVideo)

A mulher que registrou mais de 100 comentários de assédio masculinos em um vídeo filmado durante uma caminhada pelas ruas de Manhattan, em Nova York, recebeu ameaças de estupro pela internet, informou a organização que patrocinou a gravação do vídeo.

Em uma mensagem no Twitter, a ONG Hollaback! pediu ajuda para que as ameaças sejam denunciadas, segundo o jornal "New York Daily News".

A ONG, que atua em 79 cidades de 26 países e denuncia o assédio não apenas a mulheres, mas também a minorias raciais e sexuais, filmou com uma câmera escondida a caminhada da atriz Shoshana B. Roberts, que foi vítima dos mais diversos comentários feitos pelos homens.

A gravação, que se tornou um anúncio para uma campanha contra o assédio, foi filmada em agosto.


Assista ao vídeo.

A jovem, vestindo calça jeans e camiseta, carregava dois microfones nas mãos, que registraram comentários vindos de homens de várias idades e tipos físicos. A maioria diz uma ou duas frases, mas em pelo menos dois momentos do vídeo rapazes a perseguem ostensivamente, chegando a assustar a voluntária.

Durante 10 horas, ela recebeu mais de 100 comentários.

Em um release que acompanha o vídeo, Shoshana comenta a experiência. “Sou assediada quando sorrio e sou assediada quando não sorrio. Sou assediada por homens brancos, negros, latinos. Nem um dia se passa sem que eu passe por isso”.

O vídeo publicado no YouTube já teve mais de 14 milhões de visualizações e 66 mil comentários, muitos deles também agressivos.

Emily May, co-fundadora e diretora executiva da ONG, disse que seu escritório recebeu cerca de 10 ligações com ameaças, e também tem recebido e-mails com ameaças, que ela encaminhou para a polícia.

“Infelizmente, o comportamento que vemos nas ruas também vemos na internet”, disse a mulher. “Estamos horrorizados pelo que estamos vendo, mas não ficamos chocados. É parte da cultura. É parte de algo que estamos tentando mudar pela raiz.”

AUTOR: G1/SP

MANIFESTANTES ATACAM RESIDÊNCIA DO GOVERNADOR DE GUERRERO, NO MÉXICO

Veículo oficial é incendiado na residência oficial do governador interino de Guerrero, no México (Foto: Alejandrino Gonzalez/AP Photo)

Dezenas de professores atacaram nesta quarta-feira (29) a residência oficial do novo governador de Guerrero, Rogelio Ortega, ao término de uma manifestação para pedir sua renúncia e o retorno com vida dos 43 estudantes desaparecidos há um mês.

Cerca de 70 integrantes da Coordenadora Estatal de Trabalhadores da Educação em Guerrero (Ceteg) encapuzados e com paus e pedras na mão tentaram derrubar uma das portas da residência, localizada em Chilpancingo, capital do estado de Guerrero.

As forças de segurança responderam com tiros e pedras, o que enfureceu os professores, que utilizaram um poste de madeira para derrubar a porta e incendiaram um veículo oficial.

Outros 500 agentes anti-distúrbios foram destacados para reforçar a segurança da residência, o que dissuadiu o grupo de manifestantes.

O incidente aconteceu no final de uma manifestação que contou com cerca de mil professores da Ceteg, um sindicato que protagonizou vários protestos contra a reforma educional promovida pelo presidente Enrique Peña Nieto e agora pelo desaparecimento dos estudantes.

Os professores exigem a renúncia de Ortega, porque não foi eleito pelo povo. No domingo passado ele foi eleito pelo Congresso de Guerrero como governador interino em substituição a Ángel Aguirre. Os manifestantes ainda reivindicam informações sobre a localização dos 43 estudantes desaparecidos.

Aguirre, do esquerdista Partido da Revolução Democrática (PRD), renunciou na quinta-feira passada pressionado pelo mal-estar social gerado pelos incidentes violentos de 26 de setembro em Iguala.

Nesta noite os policiais atacaram a tiros estudantes da Escola Normal Rural de Ayotzinapa supostamente por ordens do então prefeito de Iguala, José Luis Abarca, causando a morte de seis pessoas e feriu outras 25.

Além disso, de acordo com a investigação, os policiais detiveram 43 estudantes e os entregaram ao cartel Guerreros Unidos, cujo líder, Sidronio Casarrubias, ordenou seu desaparecimento achando que se tratavam de membros dos Vermelhos, uma quadrilha rival.
Estudantes e professores atacam a casa do governador interino com pedras nesta quarta-feira (29) (Foto: Alejandrino Gonzalez/AP Photo)

AUTOR: EFE

MORREM OUTRAS DUAS VÍTIMAS DE ACIDENTE COM ÔNIBUS DE ESTUDANTES

O estudante Leonardo Lucas dos Santos e a fotógrafa Larissa Souza Bottacini também estavam no ônibus que se envolveu no acidente em Ibitinga (Foto: Reprodução/Facebook)

A Polícia Civil de Bauru (SP) confirmou na madrugada desta quinta-feira (29) mais duas mortes em decorrência do acidente entre uma carreta e um ônibus de estudantes em Ibitinga (SP). Com isso, sobe para 13 o número de mortos na tragédia.

As duas vítimas estavam internadas desde terça-feira (28) na UTI do Hospital de Base de Bauru.

Uma delas é o estudante Leonardo Lucas dos Santos, que tinha 17 anos. O jovem era dos 43 passageiros do ônibus que se envolveu no acidente na Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira (SP-304), em Ibitinga, na noite de segunda-feira (27). 

O impacto foi tão forte que a lateral do ônibus foi arrancada e os passageiros foram lançados para fora.
O estudante havia sido transferido da Santa Casa de Ibitinga para Bauru por conta da gravidade dos ferimentos. Leonardo viajava com mãe, a professora Margareth Aparecida Lucas dos Santos, que morreu no local do acidente, e com a irmã Carolina, de 14 anos, que ficou ferida. 

Na terça-feira, ela falou sobre o acidente. “Eu estava dormindo. Quando vi, o ônibus já estava cortado ao meio e os estudantes do outro lado”, contou.

A outra morte confirmada é da fotógrafa Larissa Souza Bottacini, de 24 anos, que acompanhava a excursão para São Paulo. Ela também estava internada na Santa Casa de Ibitinga, mas precisou ser transferida para o Hospital de Base. Além de Leonardo e Larissa, outras 11 pessoas morreram no local do acidente.

AUTOR: G1/SP

PESQUISAR NO TIANGUÁ AGORA!




RESULTADOS DA PESQUISA GOOGLE!




Real Time Analytics